| Login | Crie o seu Jornal Online FREE!

Folha do Delegado
Desde: 12/01/2011      Publicadas: 2101      Atualização: 14/12/2013

Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS


 CRIMINOSOS CRUEIS
  23/11/2011
  0 comentário(s)


HITLER E A CRUZ JAÍNA OU SUÁSTICA
O Tibete é o lugar dos mistérios insondáveis há tempos imemoriais, pois segredos abissais são passados de geração a geração pelos budistas da região localizada no "teto do mundo", interagindo em práticas religiosas os poderes das magias branca e negra.
HITLER E A CRUZ JAÍNA OU SUÁSTICA
HITLER E A CRUZ JAÍNA OU SUÁSTICA


O Tibete é o lugar dos mistérios insondáveis há tempos imemoriais, pois segredos abissais são passados de geração a geração pelos budistas da região localizada no "teto do mundo", interagindo em práticas religiosas os poderes das magias branca e negra.


Símbolo sagrado do povo das montanhas elevadas do Himalaia, a cruz Jaína ou suástica representa os poderes positivos e, quando invertida, os negativos, responsáveis pelas manifestações de inquietude daqueles que se dedicam a cultuar o mal.


Adolf Hitler era um entusiasta das denominadas ciências ocultas, conhecia perfeitamente a fama que envolvia o misterioso povo das alterosas asiáticas, motivo pelo qual poucos se deram conta de uma estratégia simples que o furher adotou quando resolveu implantar a bandeira nazista que representaria o III Reich.


Hitler, pintor inexpressivo, se encarregou de modelar com as próprias mãos o símbolo da Alemanha Grande que ele sonhava erigir. Certamente o ditador germânico teve contato com monges tibetanos, pois a cruz Jaína ou suástica positiva, símbolo sagrado de uma cultura milenar, tornou-se a efígie que decorou a flâmula oficial que simbolizou seu domínio a partir de 1933.


Com sutileza, Adolf Hitler não adotou a cruz Jaína positiva na forma como ela é traçada pelos tibetanos dedicados à magia branca, mas fê-la recuar alguns graus à esquerda, conforme pode ser observado nas fotografias de época mostrando a bandeira nazista.


O símbolo adotado por Hitler tinha uma clara objetivação de semear a maldade, pois na forma original a cruz Jaína representa o poder da luz, das coisas boas, da energia positiva que deve guiar as pessoas.


Na forma como Hitler a concebeu, a energia que flui de todos os lados não pode se completar. Do ponto de vista místico tratava-se de uma forma de expressar seus objetivos, que passaram efetivamente a ser concretizados a partir de 1939, quando eclode a segunda grande guerra.


O mundo ocidental, talvez por desconhecer a cultura tibetana, não prestou a atenção devida àquela inversão de sentido contido na suástica.


Os projetos dominadores de Hitler eram manipulados por famosos magos de sua época, feiticeiros e pessoas ligadas ao ocultismo, tendo em vista que a invocação de forças sobrenaturais foi constante na vida do austríaco que chefiou a Alemanha e a levou para uma das mais funestas aventuras de toda história da humanidade.


(*) José Romero Araújo Cardoso. Geógrafo. Professor da UERN.

  Web site: www.carlosescossia.com/  Autor:   José Romero Araújo Cardoso


  Mais notícias da seção DIVERSOS no caderno CRIMINOSOS CRUEIS
29/04/2013 - DIVERSOS - Horror absoluto: o genocídio silencioso
Um velho ditado diz que os mortos terão sua vingança. Haverá sangue, dizem. O sangue dos mortos será o sangue da vingança. Sabe-se que algumas lápides já se movem e as árvores falam para trazer os culpados à justiça. Os astutos assassinos foram expostos pelos místicos presságios nos sinais dos abutres e das gralhas.Shakespeare, "Macbeth," Ato 3, Se...
19/12/2012 - DIVERSOS - Uma sociedade de matadores
Ao mesmo tempo, essa sociedade tem dado ao mundo excepcionais pensadores, escritores e cineastas que, de certa forma, procuram compensar a brutalidade construída para a defesa dos poderosos titãs das finanças e das corporações industriais que, há mais de cem anos, vem conduzindo a economia e a política internacional, em seu proveito....
13/11/2011 - DIVERSOS - O MÉDIUM DO ANTICRISTO
Tinha uma longa e fascinante história aquele rústico pedaço de ferro. O jovem mergulharia nela a fundo nos próximos anos. Chamava-se ele Adolf Hitler....
17/02/2011 - DIVERSOS - Elias Maluco
Elias Pereira da SilvaElias Maluco (sem camisa, ao centro) sendo apresentado pela polícia após sua prisão em 2002...
17/02/2011 - DIVERSOS - Marcos Antunes Trigueiro (o maniaco de contagem)
Marcos Antunes Trigueiro (Brasília de Minas, 29 de maio de 1978), conhecido como o Maníaco do Industrial ou Maníaco de Contagem, é um ex-motorista brasileiro acusado de ser um assassino em série de mulheres que agia em Contagem e Belo Horizonte, Minas Gerais. Marcos estuprou e assassinou cinco mulheres entre 17 de abril de 2009 e 26 de fevereiro de...
16/02/2011 - DIVERSOS - Ottis Toole
Ottis Toole (5 de março de 1947 - setembro de 1996) nativo de Jacksonville, Flórida. Autor de incontáveis crimes e homicídios em diversos estados dos EUA....
16/02/2011 - DIVERSOS - Laerte Patrocínio Orpinelli " O Andarilho de Rio Claro
Número de vítimas: 6 ou maisLocal dos crimes: São PauloPeríodo: 1996 a 1997...
16/02/2011 - DIVERSOS - O BANDIDO DA LUZ VERMELHA
João Acácio Pereira da Costa (conhecido como Bandido da Luz Vermelha) (Joinville, 24 de junho de 1942 " Joinville, 5 de janeiro de 1998), foi um notório criminoso brasileiro....
16/02/2011 - DIVERSOS - Francisco das Chagas Rodrigues de Brito
É considerado o maior assasino em série brasileiro em número de vítimas, superando o Vampiro de Niterói, até então o primeiro do ranking de assassinos seriais do país....
16/02/2011 - DIVERSOS - Adriano da Silva " O Monstro de Passo Fundo
O serial killer da região de Passo Fundo Adriano, a quem se atribuíram 12 mortes, embora ele admita apenas oito, foi preso no Município de Maximiliano de Almeida, na divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina, em janeiro de 2004...
16/02/2011 - DIVERSOS - Preto Amaral " O Primeiro "serial killer" brasileiro
José Augusto do Amaral ou "Preto Amaral" ficou conhecido na história como o primeiro "serial killer" brasileiro, por ter assassinado 3 jovens rapazes e cometido necrofilia com os corpos ainda quentes, em 1926....
16/02/2011 - DIVERSOS - Francisco de Assis Pereira - Maníaco do Parque
Francisco de Assis Pereira, vulgo Maníaco do Parque, é um assassino em série brasileiro que estuprou, torturou e matou pelo menos 11 mulheres. O referido Parque é o Parque do Estado, situado na região sul da cidade de São Paulo. Nesse local foram encontrados vários corpos das vítimas....
16/02/2011 - DIVERSOS - O maníaco do Trianon
Suas vítimas eram profissionais bem-sucedidos, que moravam sozinhos e eram homossexuais. Os crimes aterrorizaram a comunidade gay da época, já assustada com a escalada de violência contra os homossexuais por conta da disseminação do vírus da Aids....
15/02/2011 - DIVERSOS - A história criminosa de Richard Ramirez A.K.A The Night Stalker
Nascido no ano de 1960 em El Paso, Texas (E.E.U.U.). Vivia com seus pais e seis irmãos. Como vários outros "serial killers", os seus crimes começaram cedo (quando ele tinha em torno de 9 anos) e eles iam desde abuso de drogas à assaltos à mão armada...



Capa |  ARQUIVO POLICIAL  |  ARTIGOS DE OUTROS AUTORES  |  CASOS POLICIAIS MISTERIOSOS  |  CRIMINOSOS CRUEIS  |  DESTAQUES  |  DIREITO & JUSTIÇA  |  LIÇÕES DE VIDA  |  MEUS ARTIGOS
Busca em

  
2101 Notícias